" A CULINÁRIA É A MAIS NOBRE DAS ARTES, OBJETIVA, CONCRETA, JAMAIS ABSTRATA. ESTÁ LIGADA À VIDA E A SAÚDE"
CORA CORALINA

domingo, 25 de julho de 2010

Soy Celeste!


Durante uma inesquecível e deliciosa viagem a Montevideo, tive uma experiência gastronômica que merece ser comentada.
 Os uruguaios apreciam os frutos do mar de maneira bastante discreta para quem vive em um território de grande extensão marítima. Na verdade, não há nada na culinária uruguaia que se compare à paixão pela carne vermelha preparada de maneira muito característica.
São consumidos diversos cortes de gado, como no Brasil. A carne é temperada apenas com sal grosso, colocado no momento de levar o corte à parrilla (grelha), para evitar a desidratação. No entanto, o que diferencia o churrasco uruguaio do brasileiro é basicamente a raça de gado utilizado para corte: no Uruguai são a Aberdeen Angus e a Hereford, e essa é a razão por exemplo de o contra-filé uruguaio (bife angosto), um dos cortes preferidos na Europa, ser maior que o brasileiro e também razão de não existir o cupim, pois o gado deles não possuem a corcova.
Alguns cortes semelhantes aos do Brasil recebem nomes diferentes
  • Asado de Tira (costela)
  • Colita de Cuadril (maminha)
  • Tapa de Cuadril (picanha)
  • Bife Angosto (contra- filé)
  • Bife Ancho (entrecote, noix ou contra-filé da costela)
  • Ojo de Bife (baby beef)
  • Filet de Lomo (filé mignon)
  • New York Steak (t-bone)
  • Cinchulín (intestino assado)
  • French rack (carré de cordeiro)
Na parrillada, as carnes são assadas sobre uma grelha, a parrilla, que fica mais próxima da fonte de calor (20cm), assando o alimento apenas pelo sistema de irradiação, enquanto que no churrasco se assa também por convecção.
O churrasco, diferentemente do nosso, é preparado com lenha em substituição ao carvão, o que provoca um efeito defumado.
No Mercado del Puerto existem diversos restaurantes onde podemos comer no balcão enquanto observarmos a parrilla e as lenhas queimando.O ambiente é acolhedor, não convida apenas a comer mas a viver um pouco da intensidade da cultura local.A visita é obrigatória!
Archivo:Asado uruguayo.JPG


Entre os assados há o braseiro, que consiste em uma porção mista de vários tipos de assados, e com iguarias bastante exóticas como por exemplo glândula salivar (molleja), intestino fino (chinchulin), intestino grosso (choto) e lingüiça de sangue coagulado (morcilla).
E por falar em pratos diferentes, não se pode deixar de mencionar os ravioles de seso (ravióli de miolos), e o asado con cuero (churrasco em que se serve a carne da vaca, incluindo o couro e pêlos) 
O MOLHO CHIMICHURRI

Ninguém sabe ao certo de onde veio esse molho e seu estranho nome, mas todas as histórias que se contam falam de alguém do Reino Unido que teria criado esse molho na Argentina, e o nome foi adaptado ao espanhol, para facilitar a pronúncia.
A receita do chimichurri pode variar muito, mas basicamente é um molho de azeite de oliva e vinagre, que se tempera com diversos condimentos, macerados ou não.No supermercado podemos encontrar a mistura de condimentos secos que são a base deste molho. Existem chimichurris suaves ou fortes, conforme se ponha mais pimenta na mistura. Tradicionalmente, o chimichurri é o molho ideal para acompanhar a parrillada.
Salsa_Criolla


CHIVITO
Há também opções bastante simples e muito apreciadas nessa culinária, como as que são servidas nas Chiviterias - que servem o popular Chivito (parecido com o X-tudo brasileiro, mas com um finíssimo filé de carne suculento), que pode ser al pan, al plato ou canadiense (acompanhado de batatas fritas).
O nome vem de chivo (que significa "cabrito", carne com a qual originalmente se elaborava esse sanduíche). O grande desafio é comer um chivito para dos, sanduíche com cerca de 20 cm de altura, acompanhado de salada russa, batatas fritas, bacon etc.Aliás é sempre um desafio comer um prato sozinho, as refeições são sempre muito bem servidas.


FRANKFURT
 O famoso frankfurt,que é um "pancho" servido com uma salsicha de Frankfurt (frankfurter).Também se come outra variedade de salsicha chamada"húngara"que é mais picante e pode ser grelhada.

CHORIPÁN


Consiste num "chorizo" (linguiça) servido no pão com diversos tipos de molhos
e acompanhamentos como: bacon, pimentão, cogumelos, conservas, etc 
Existem vários trailers espalhados pela cidade,a maioria com vitrines expondo as opções de acompanhamentos,são os "carritos de comida".


MILANESAS

As milanesas são deliciosamente macias.Mas atenção!! Mesmo que no cardápio diga que o prato serve 1 pessoa , não acredite...Ela é GIGANTE!!!






BEBIDAS
O uísque é muito apreciado para ser tomado como aperitivo antes dos assados.Os vinhos são deliciosos e vale a pena ressaltar que em muitos lugares o preço da "copa" é mais barata que uma lata de Coca-Cola. Mas a medalha de ouro vai para o "Medio y Medio" -bebida que foi transformada em patrimônio nacional do Uruguay.Uma mistura de vinho branco com champagne, eu poderia tomar uma tacinha (para não dizer uma garrafa) por dia pelo resto da minha vida.

Outra preciosidade é a UVITA , o único lugar para degustá-la é no Bar Fun Fun (www.barfunfun.com).O bar foi fundado em 1895 por Don Augusto López (criador da Uvita), hoje seus descendentes seguem na administração.Servida num pequeno copo é uma espécie de licor de vinho, na verdade o garçom não me explicou muito bem o que é, mas sem dúvida é delicioso!!
Uvita
Entre as bebidas não alcoólicas o "mate" é o campeão.O Uruguay é o maior consumidor de erva mate do mundo , a tradição de tomar mate pode ser considerada fator de identidade nacional.



2 comentários:

  1. Dicas interessantes não só das comidas e bebidas mas de suas origens.Lu, tenho que te arrumar um patrocinador e fazer vc viajar pelo mundo, pq dá vontade mesmo de experimentar o que vc mostrou!

    ResponderExcluir
  2. Eu te levo na mala!!!Foi tudo fantástico mesmo.

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails